O BATISMO EM TEMPOS DE PANDEMIA


Desde as suas origens, a Igreja, cumpre o mandamento de Jesus, que ordenou: “Ide e fazei que todas as nações se tornem discípulos, batizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”.

O sacramento do Batismo é um dom, embora, muitas vezes, recebido por nós, inconscientemente, como recebemos a própria vida. O Batismo é o fundamento de toda a vida cristã, é a porta da vida nova que brota do Espírito Santo, é também a porta de acesso aos demais sacramentos. Somos libertos do pecado e regenerados como filhos de Deus.

O Batismo é a iniciação ao jeito cristão de viver, é a festa que marca o começo de uma longa caminhada e em uma sociedade em que as crianças são iniciadas em diversos projetos, não podemos descuidar da iniciação à vida cristã. Do início depende todo o desenvolvimento de um projeto. Se pretendermos dedicar toda nossa vida ao Projeto de Jesus, temos que cuidar com carinho da concretização desse projeto desde o início. O Batismo é o alicerce da casa. Se for realmente assumido, será o fundamento ideal para o desenvolvimento da fé. O amor de Deus não nos envolve somente a partir do momento em que somos batizados. O amor de Deus, que nos toca profundamente e nos fez desejar o Batismo, para nós e para nossas crianças, nos ajuda a corresponder a esse amor de igual para igual.

O jeito novo de se preparar para o Batismo

Para conseguirmos uma melhor conscientização da importância do Batismo, a Comissão Arquidiocesana para a Iniciação à Vida Cristã definiu diretrizes a serem implementadas, mas com a necessidade do isolamento social, todos os projetos tiveram que ser adiados.


Dentre as diretrizes, destacamos o trabalho da igreja em saída, aquela que vai ao encontro dos cristãos, apresentando temas que despertem para a importância do Sacramento, a fidelidade ao compromisso assumido e ao novo jeito de ser, pois o Batismo não é algo que fazemos e, sim, algo que somos.

A preparação para o Sacramento será territorial, ou seja, os pais e padrinhos da criança que será batizada deverão passar pelo processo de preparação em sua paróquia de residência ou na paróquia de afinidade.

Com a pandemia as igrejas tiveram que fechar as suas portas e as Pastorais do Batismo ficaram paralisadas. Isso porque com as novas diretrizes a Pastoral do Batismo tem que ir ao Encontro dos pais e padrinhos.

Na medida em que as autoridades foram liberando as Igrejas para abrir suas portas, surgiu um novo desafio: como preparar estes cristãos para batizar seus filhos e afilhados? Eis que surgiu a ideia da preparação para o batismo por meio de videoconferências (lives). Não foi um encontro pessoal como estava definido nas diretrizes, mas a Igreja em saída chegou até os lares de nossos cristãos. Assim, mantemos o isolamento e levamos aos pais e padrinhos a palavra de Deus e seus ensinamentos.


Após a preparação para o Batismo, mais um novo desafio, como batizar estas crianças com todas as recomendações de segurança das autoridades de saúde?

Em nossa Catedral foram marcados os batizados de forma individual e com um número mínimo de pessoas, todas com seu álcool em gel, máscaras, aferindo a temperatura ao entrar na Igreja, tudo isto para preservar a saúde de todos os envolvidos, familiares, membros da Pastoral e do padre. Foi um momento muito especial, único e diferente, que promoveu este encontro tão sublime com o nosso Deus.

Vejamos alguns testemunhos destes momentos:



Testemunho Juliana

Fomos muito bem recebidos e orientados desde o início. O Batismo do dia 20 de setembro foi apenas para meus filhos, estávamos em poucas pessoas e havia vários colaboradores da igreja com álcool em gel.

A Catedral está de parabéns pela atenção e pelos cuidados, ficamos felizes por termos conseguido batizar nossas as crianças, foi um alívio muito grande.

Testemunho de Juliana – mãe de Heitor e Elisa batizados em 20/09/20.












Testemunho Monalisa

Desde o nascimento da Marina (11/09/2019), a minha maior preocupação era apresentar ela a Deus o mais rápido possível. Nós, católicos, sabemos bem a importância deste Sacramento. Porém, ela nasceu com alergia de múltiplos alimentos, trazendo-lhe muito desconforto. Como o batismo seria um momento dela com Deus, gostaríamos que ela aproveitasse sem dores e desconfortos. Com isso, adiamos seu batismo para o dia 29 de março e a pandemia veio para adiar mais um pouco este momento tão importante e especial.

Pois bem, quando tive a informação de que estavam fazendo os batizados de forma individual e sem muitos convidados, não tive dúvida de que mais uma vez Deus nos mostrou que o batismo não pode ser um evento social e sim um momento íntimo de Deus com a criança.

Batizamos a Marina na Catedral um dia após o seu aniversário de 1 aninho com a benção do Monsenhor Valmir e com a presença apenas dos padrinhos e avós (todos de máscara e álcool em gel disponível). Celebramos com muita alegria seu primeiro aninho e seu primeiro sacramento, dentro da casa de Deus. Estou com o coração cheio de gratidão, pois foi um momento único, cheio de cuidados para nos manter protegidos e cheio de amor.

Testemunho de Monalisa – Mãe da Marina batizada em 12/09/20.



Testemunho Letícia

Foi ótimo o batizado dele. Apesar de poucos convidados, nós nos sentimos seguros e acolhidos pelo Monsenhor e a equipe da pastoral do batismo que nos apoiou.

Testemunho de Letícia – mãe do Theo batizado em 22/08/20.

42 visualizações
SEJA BEM VINDO!
LOCALIZAÇÃO

Rua Tristão de Castro, nº 17

Centro - Uberaba/MG

(34) 3315-1775

catedraluberaba@gmail.com

CONECTE-SE

A Catedral de Uberaba tem o maior prazer em te acolher no nosso espaço virtual. Aqui é o lugar ideal para que você fique por dentro de tudo o que acontece em nossa igreja. 

Participe conosco!

  • Grey Facebook Icon